86 3131-1300
Teresina, 20 de Janeiro de 2017
 
Publicada Terça-feira, 10/01/2017
Veja dicas para economizar no material escolar

Faltam menos de 15 dias para o início do ano letivo nas escolas particulares de Teresina.

Atentos ao calendário, boa parte dos pais já compraram o material escolar, mas ainda há quem tenha deixado tudo para este mês. Pesquisa realizada por várias unidades do Procon no país revela que, de um local para outro, itens de papelaria podem variar mais de 450%. Por isso, a melhor dica para os pais é pesquisar bastante - um simples lápis preto pode variar de R$ 0,30 a R$ 1,95.

Veja dicas de como economizar na compra do material escolar:

- Antes mesmo de sair às compras, os pais devem ficar atentos aos produtos que compõem a lista do material escolar distribuída pelas instituições. É proibida por lei a inclusão de material de uso coletivo como produtos de limpeza, papel higiênico, copos descartáveis, giz, apagador, etiquetas, fitas adesivas, isopor, grampeador, algodão e envelope. As escolas também não podem exigir que a aquisição do material seja feita no próprio estabelecimento, indicar a marca dos produtos pedidos ou papelarias de preferência. A única indicação de lojas permitida é para os uniformes.

- Comprar produtos em grandes quantidades pode garantir descontos. Para isso os pais podem se reunir em grupos e negociar preços menores com o estabelecimento. Convencer as crianças a não optarem por materiais com personagens ou acessórios licenciados que costumam ter preços mais altos também é importante para não gastar além do desejado.

- Outra dica é verificar o que é possível ser reaproveitado do ano letivo anterior, como estojos e dicionários, por exemplo. O Instituto de Defesa do Consumidor (Idec) sugere a organização de feiras de trocas de artigos escolares em bom estado entre amigos e vizinhos e a aquisição de livros usados em sebos e pela internet. O instituto alerta que a escola só pode recomendar que o estudante não reutilize um livro usado por um irmão mais velho se a edição estiver desatualizada.

Fonte: Cidadeverde

 
Centro de Apoio a mulher comerciaria
CONTRACS
Contribuicao Sindical
Contribuicao Social e Federativa
Convencoes
CUT BRASIL
CUT PIAUÍ
MST
Portaria
Sindeconpi
 
lista
19.01.2017 Ministério do Trabalho cria calendário para pagamentos do seguro-desemprego
17.01.2017 O que está por trás da propaganda da Previdência
13.01.2017 Piso da categoria comerciária é reajustado por antecipação a partir de janeiro/2017
11.01.2017 Manter motocicleta sai mais barato que andar de ônibus
11.01.2017 SEMINÁRIO : A REFORMA DO FGTS COMO TRABALHADOR (A) PODE SACAR AS CONTAS INATIVAS?
10.01.2017 Carnaval é no litoral. Inscrições para Colônia de Férias estão abertas .
10.01.2017 Veja dicas para economizar no material escolar
09.01.2017 Prazo para entrega da Rais 2016 começa no dia 17 de janeiro
06.01.2017 Sindicato realiza bingo beneficente para ajudar vítima de assalto em Teresina
06.01.2017 Entenda na prática a reforma da Previdência
05.01.2017 Mulher trabalhadora sofrerá maior impacto com reajuste da passagem
03.01.2017 Conselho determina reajuste da tarifa de ônibus para R$ 3,30 tarifa começa sexta
02.01.2017 Artigo: Uma Reforma Trabalhista para modernizar a escravidão
30.12.2016 Governo regulamenta salário mínimo de R$ 937 em 2017
29.12.2016 Desemprego é de 11,9% e atinge 12,1 milhões de trabalhadores, diz IBGE Comente
28.12.2016 Valores do seguro DPVAT ficará 37% mais barato em 2017
27.12.2016 Passagem de ônibus em Teresina pode ser reajustada para R$ 3,30 em 2017
27.12.2016 Agências bancárias abrem até quinta-feira
27.12.2016 Artigo: A verdade sobre a PEC N° 03
26.12.2016 'Greve dos Ônibus':Prefeitura atrasa repasses e a categoria fará protesto
23.12.2016 Em campanha salarial, trabalhadores do setor de hotelaria e gastronomia fazem greve em Teresina
22.12.2016 Governo propõe reforma trabalhista; veja o que pode mudar nas regras atuais
SINDCOM - Sindicato dos Empregados no Comercio e Serviço de Teresina
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com - 86 3131-1300