86 3131-1300
Teresina, 01 de Maio de 2017
 
Publicada Segunda-feira, 03/04/2017
Entenda como ficam os novos juros do cartão de crédito

Estão valendo a partir de hoje as novas regras do rotativo do cartão de crédito.

Os bancos não podem mais deixar nenhum cliente por mais de um mês nessa modalidade de crédito, que tem os juros mais altos do mercado - em média 484% ao ano, ou 15% ao mês.

Na prática acontece da seguinte forma:

- o cliente que paga menos que o valor total da fatura só poderá ficar no crédito rotativo por 30 dias. Ou seja, se ele não pagar o restante até o vencimento da fatura seguinte, o banco terá que oferecer uma nova linha de financiamento com o parcelamento da dívida e juros menores - um crédito mais barato que dê condições não abusivas de pagamento ao consumidor.

- ao contrário do que acontecia antes, quem paga o mínimo da fatura não pode fazer essa mesma opção por vários meses consecutivos. Não é mais permitido repetir o processo na fatura seguinte, somente parcelar a dívida já existente.

- O cliente pode fazer o pagamento integral de sua dívida a qualquer momento, mesmo antes do vencimento da próxima parcela.

Em outras palavras, em vez de alongar de forma indefinida a dívida, pagando o mínimo por vários meses consecutivos, o cliente terá que assumir o financiamento do que deve, com prazo determinado e juros menores.

    A nova taxa dos bancos
    Itaú: de 0,99 a 8,9% ao mês
    Bradesco: de 3,6 a 9,8% ao mês
    Banco do Brasil: de 3,13 a 9,38% ao mês
    Santander: de 2,99 a 9,99% ao mês

A taxa oferecida pelos bancos vai depender do relacionamento dos clientes com a instituição, além de outros fatores, como o pagamento já feito e o montante que falta da fatura.
Como era                                                             Como fica
Dívida de R$ 1 mil                                                 Dívida de R$ 1 mil
Juros de 15% ao mês                                           Juros de 8% ao mês
Em um ano, chega a R$ 5.300                              Em um ano, chega a R$ 1.500

 
Centro de Apoio a mulher comerciaria
CONTRACS
Contribuição Sindical
Contribuicao Social e Federativa
Convencoes
CUT BRASIL
CUT PIAUÍ
MST
Portaria
Sindeconpi
 
lista
28.04.2017 Comerciários fazem arrastão pelo centro comercial
28.04.2017 Deputados do Piauí que votaram a favor da reforma trabalhista foram escrachados
28.04.2017 Greve geral paralisa centro comercial de Teresina
27.04.2017 Reforma trabalhista foi aprovada por 296 votos contra 177; veja as mudanças
26.04.2017 Sindicato dos Comerciários realiza o Torneio do Trabalhador
25.04.2017 Comissão começa a discutir relatório da reforma da Previdência; veja alterações
25.04.2017 Comerciários realizam festa do trabalho no clube social
24.04.2017 Reforma trabalhista permite que empregador reduza salário de funcionário
20.04.2017 Comunicado
19.04.2017 Lula: 'Reformas de Temer são bomba atômica na cabeça dos trabalhadores'
17.04.2017 Reforma trabalhista prevê demissão consensual
11.04.2017 Secretaria lança aplicativo 'Atende Sine' para tentar reduzir desemprego no Piauí
11.04.2017 Secretaria lança aplicativo 'Atende Sine' para tentar reduzir desemprego no Piauí
11.04.2017 Fraude em seguro-desemprego no PI renderia R$ 4,2 milhões aos cofres públicos
07.04.2017 Governo propõe salário mínimo de R$ 979 para 2018
07.04.2017 Nota de solidariedade à jornalista Cintia Lages
06.04.2017 Comerciários farão paralisação dia 28 contra a terceirização e as reformas da previdência e trabalhista
05.04.2017 Veja como funciona o empréstimo com o FGTS como garantia
05.04.2017 Loja é condenada ao pagamento de danos morais por ofensas a trabalhadora
04.04.2017 Caixa regulamenta crédito consignado com garantia do FGTS
03.04.2017 Entenda como ficam os novos juros do cartão de crédito
31.03.2017 Preços de remédios sobem até 4,76% a partir de hoje
SINDCOM - Sindicato dos Empregados no Comercio e Serviço de Teresina
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com - 86 3131-1300