86 3131-1300
Teresina, 25 de Junho de 2017
 
Publicada Quinta-feira, 18/05/2017
Queremos interrupção imediata das reformas, diz presidente da CUT

Representantes das frentes se reunirão hoje à tarde para discutir manifestações de domingo e ocupação em Brasília na quarta-feira que vem

Vagner: 'As provas contra Temer ratificam que o ilegítimo não tem nenhuma condição de continuar na presidência'

O presidente da CUT, Vagner Freitas, afirmou que na ocupação prevista para quarta-feira que vem (24), em Brasília, as centrais e movimentos sociais vão "exigir a interrupção imediata da tramitação das reformas, desmontes, da Previdência e trabalhista, que acabam com a aposentadoria e com a CLT". Antes disso, neste domingo (21) haverá manifestações em todo o país para exigir a saída de Michel Temer e a realização de eleições diretas. "Um governo golpista e sua base de apoio não têm nenhuma condição moral de defender reformas", acrescentou Vagner.

Na tarde de hoje (18), representantes das frentes Brasil Popular e Povo sem Medo vão se reunir na sede da CUT, na região central de São Paulo, para discutir a organização do ato de domingo e a marcha/ocupação de Brasília. "As provas de corrupção e suborno envolvendo diretamente o golpista Michel Temer, numa operação com a JBS para calar o ex-deputado Eduardo Cunha, comprovam o que há mais de um ano afirmamos, que o ilegítimo Temer não tem nenhuma condição de continuar na presidência da República", afirma a central, em nota.

"Só o voto popular pode resolver essa imensa crise política, resgatar a democracia e credibilidade na principal instituição brasileira. Qualquer outra saída será golpe dentro do próprio golpe", acrescenta a entidade.

Em seu site, o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região endossa a necessidade de "eleições diretas já e urgente". "Já dizíamos que, por ser ilegítimo, esse governo não tinha direito de alterar normas da Constituição que mudam a forma de funcionamento da sociedade brasileira, do mundo do trabalho. Agora estão comprovados os interesses por trás de todas essas “reformas”, que na realidade significam o desmonte de direitos e de instituições públicas atendendo a interesses de setores privilegiados contra a grande maioria do povo brasileiro", afirma a presidenta da entidade, Juvandia Moreira.

Em sua página no Facebook, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC veicula vídeos com manifestações de trabalhadores da Toyota, Volkswagen, Otis, Ford e Mercedes-Benz pedindo eleições diretas já.

Fonte: CUT


 
Centro de Apoio a mulher comerciaria
CONTRACS
Contribuição Sindical
Contribuicao Social e Federativa
Convencoes
CUT BRASIL
CUT PIAUÍ
MST
Portaria
Sindeconpi
 
lista
23.06.2017 Direção da CUT reforça greve do dia 30 contra reformas de Temer
23.06.2017 Meirelles admite que governo quer reter FGTS para economizar seguro-desemprego
23.06.2017 “O trabalho informal acaba não sendo uma questão de escolha”, diz advogado
20.06.2017 Caixa suspende financiamento imobiliário com recursos do FGTS
20.06.2017 CUT, demais centrais e movimentos sociais derrotam Temer
19.06.2017 Trabalhadores têm até 30 de junho para sacar o abono salarial de 2015
19.06.2017 Aberta as inscrições para o XXV campeonato de futebol da categoria comerciária.
14.06.2017 TRT suspende greve no comércio de Teresina até o dia 20 de junho
14.06.2017 Comissão de Trabalho aprova seguro de vida para motoboys
12.06.2017 Brasil registra aumento de trabalho infantil entre crianças de 5 a 9 anos
09.06.2017 Greve no comércio de Teresina inicia dia 16 de junho
08.06.2017 CUT/Vox Populi: 80% dos brasileiros são contra as reformas e 90% acham que não vão conseguir sustentar suas famílias
07.06.2017 Dez agências da Caixa irão abrir no sábado para saque do FGTS
07.06.2017 Trabalhadores aprovam greve no comércio este mês, caso as negociações não avancem
07.06.2017 Cesta básica: Teresina acumula a 3ª maior alta do ano entre as capitais
07.06.2017 Por 14 a 11, comissão aprova relatório de reforma trabalhista
06.06.2017 Contra 'golpe mortal', Paim apresenta alternativa a projeto de reforma trabalhista
06.06.2017 Caixa antecipa para este sábado a 4ª fase de saque de contas inativas do FGTS
02.06.2017 Novo golpe envolvendo contas do FGTS atinge usuários
31.05.2017 Comerciários de Teresina fazem assembleia para analisar proposta patronal
31.05.2017 Sem avanços, sindicato convoca categoria para assembleia geral. Veja no vídeo
29.05.2017 Com crise política, governo já estuda alternativa à reforma da Previdência
SINDCOM - Sindicato dos Empregados no Comercio e Serviço de Teresina
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com - 86 3131-1300