Home
(86) 3131-1300
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com
NOTÍCIAS SERVIÇOS LAZER CONVENÇÕES SINDCOM TV
 
Publicada Quarta-Feira, 29/11/2017
Reforma trabalhista: concorrência desmedida 'tira o sono' dos trabalhadores

Nova regras para o mercado de trabalho promovem a "uberização" de setores da economia, levando a uma competição desenfreada em que todos perdem

As mudanças na legislação trabalhista e as novas formas de contratação – como a terceirização, o teletrabalho, o trabalho temporário e intermitente – devem levar ao aumento da informalidade e da precarização, com a perda de direitos e a competição excessiva, e até mesmo causar transtornos mentais aos trabalhadores, como insônia, ansiedade e depressão.

O alerta foi feito por especialistas em Direito do Trabalho e dirigentes sindicais em audiência pública promovida pela Subcomissão Temporária do Estatuto do Trabalho do Senado nesta segunda-feira (27).

Uma das consequências da "reforma" trabalhista, após o golpe que levou Michel Temer ao poder, é a chamada "uberização" de amplos setores da economia. "O Uber é o maior exemplo disso. Cria um novo setor dentro do mercado e reorganiza as relações de trabalho. Cria uma concorrência entre trabalhadores, taxistas concorrendo com motoristas, todos em uma situação cada vez mais difícil", afirmou a pesquisadora do Centro de Estudos Sindicais e de Economia do Trabalho (Cesit) da Universidade de Campinas (Unicamp) Ludmilla Abílio ao repórter Uélson Kalinovisk, para o Seu Jornal, da TVT.

Na audiência, o procurador Paulo Joarês Vieira citou estudo elaborado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) que aponta que o profissional que atua na modalidade do teletrabalho, ao contrário do que se imagina, tem índices mais acentuados de estresse se comparado ao indivíduo que atua dentro da empresa, acarretando distúrbios do sono, como a insônia, por exemplo. "A pessoa não consegue se desconectar e isso acaba atingindo a sua saúde mental e emocional", afirmou.
 
Fonte: RBA

 
Balcão

Todas as edições:
278 277 276
Links
TVT
Sindeconpi
Portaria
CUT PIAUÍ
CUT BRASIL
Convencoes
Contribuicao Social e Federativa
Contribuição Sindical
CONTRACS
Centro de Apoio a mulher comerciaria