Home
(86) 3131-1300
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com
NOTÍCIAS SERVIÇOS LAZER CONVENÇÕES SINDCOM TV
 
Publicada Quarta-Feira, 20/12/2017
Quase 2 mil piauienses ainda não sacaram o PIS, prazo limite até dia 28

No Piauí, 1.994 trabalhadores que têm direito ao Abono Salarial ano-base 2015 ainda não sacaram o benefício e o prazo se encerra em uma semana.

A data limite para procurar uma agência bancária e sacar o dinheiro é dia 28 de dezembro e, segundo o governo federal, não haverá prorrogação.

Até agora, no país inteiro, 1,4 milhão de pessoas ainda não sacou o abono. O valor disponível soma R$ 979,54 milhões.

No Piauí, o valor que falta sacar soma R$ 1.457.752,28. Mais de R$ 206 milhões já foram pagos a 282.544 trabalhadores. Ou seja, 99,30% dos piauienses que têm direito já sacaram o benefício - é uma das maiores coberturas do país.

O valor que cada trabalhador tem para receber é proporcional à quantidade de meses trabalhados formalmente em 2015. Quem trabalhou o ano todo recebe o valor na íntegra. Quem trabalhou um mês, por exemplo, recebe 1/12 do valor, e assim sucessivamente. Os pagamentos variam de R$ 79 a R$ 937.

Para saber se tem direito

 
Existem várias maneiras de saber se o trabalhador tem direito ao benefício. Uma consulta simples e rápida pode ser feita no site do Ministério do Trabalho (www.trabalho.gov.br). Essa mesma consulta pode ser feita diretamente no link http://trabalho.gov.br/abono-salarial/consulta-abono-salarial. É necessário ter em mãos o número do PIS ou do CPF e a data de nascimento.
 
Também é possível saber sobre o benefício procurando as agências bancárias ou ligando para o Alô Trabalho, que atende pelo número 158. As ligações são gratuitas de telefone fixo em todo o país. A Caixa fornece a informação aos beneficiários do PIS também pelo telefone 0800-726 02 07. O Banco do Brasil atende os beneficiários do Pasep no número 0800-729 00 01.

Fonte: Agência Brasil

 
Balcão

Todas as edições:
278 277 276
Links
TVT
Sindeconpi
Portaria
CUT PIAUÍ
CUT BRASIL
Convencoes
Contribuicao Social e Federativa
Contribuição Sindical
CONTRACS
Centro de Apoio a mulher comerciaria