Home
(86) 3131-1300
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com
NOTÍCIAS SERVIÇOS LAZER CONVENÇÕES SINDCOM TV
 
Publicada Segunda-feira, 19/02/2018
LUTA
Manifestantes fazem caminhada pelo centro de Teresina contra a reforma da previdência

A manifestação teve concentração na Praça Rio Branco, no centro comercial de Teresina.

Com um personagem vestido de preto simbolizando a morte, carregando dentro de uma urna funerária todas as mazelas do governo Temer, como o golpe contra a democracia, a retirada de direitos, as privatizações da Cepisa e Agespisa, o ato contra a previdência realizado em Teresina na manhã desta segunda-feira (19) foi marcado por uma grande caminhada pelo centro comercial da cidade.

As lideranças do movimento social organizado ocuparam os carros de som, onde fizeram discursos contra a reforma da previdência e contra o governo golpista Michel Temer e todos os parlamentares que votaram contra a classe trabalhadora.

A manifestação foi organizada pelas centrais sindicais, como a CUT, CTB, CSP Comlutas, Intersindical e seus sindicatos filiados, mas teve a participação de diversos movimentos sociais e partidos políticos.

O secretário geral do Sindicato dos Comerciários de Teresina, Gilberto Paixão, disse que os trabalhadores e trabalhadoras estão atentos para dar a resposta nas urnas na próxima eleição. “A classe trabalhadora e os movimentos sociais e seus militantes não vão votar nos golpistas, contra quem votar esta reforma da previdência. Nós vamos derrotar os golpistas nas urnas e restabelecer a democracia neste país. Nós temos a força das ruas e o poder do voto nas nossas mãos”, disse.

O diretor de Finanças do SITRICOM, Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil), José Gomes Marques, afirmou que não existe rombo na previdência, ela arrecada mais do que gasta, mas é preciso primeiro buscar quem está sonegando a previdência, os grandes bancos, grandes empresários, as instituições públicas do governo. “Se é necessário uma reforma, que ela comece pelos privilegiados, pelo Judiciário, pelo Legislativo, pelo Exército, pela Polícia Federal, não pelos assalariados”, disse.

 

 

 
Balcão

Todas as edições:
279 278 277
Links
TVT
Sindeconpi
Portaria
CUT PIAUÍ
CUT BRASIL
Convencoes
Contribuicao Social e Federativa
Contribuição Sindical
CONTRACS
Centro de Apoio a mulher comerciaria