Home
(86) 3131-1300
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com
NOTÍCIAS CONVENÇÕES SINDCOM TV
 
Publicada Terça-feira, 18/02/2020
RECORRER
Comerciários repudiam decisão de ministro do TST que considera greve dos petroleiros ilegal

A FUP e seus sindicatos irão recorrer da decisão. A orientação é que os petroleiros mantenham a greve.

O Sindicato dos Comerciários de Teresina – através de sua Diretoria Colegiada – manifesta seu repúdio à decisão monocrática do ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Ives Gandra, que atendeu o pedido da Petrobrás e considerou a greve dos petroleiros abusiva e ilegal, afirmando que o movimento tem motivação política.

Ives Gandra autorizou que a Petrobrás tome medidas administrativas, Coamo corte de salários, sanções disciplinares e demissão por justa causa.

A FUP e seus sindicatos irão recorrer da decisão. A orientação é que os petroleiros mantenham a greve e sigam as recomendações dos sindicatos em relação às tentativas de intimidação e assédio dos gestores da Petrobrás.

Segundo a Diretoria do Sindicato dos Comerciários, o ministro Ives Gandra desempenha suas funções no TST de forma parcial, quando deveria proteger o direito dentro das relações de trabalho. Ele demonstra que tem um lado definido e possui um histórico que marca suas posições de ódio de classe.

“Os trabalhadores do comércio e serviços de Teresina, através de seu sindicato, reiteram o apoio e solidariedade aos petroleiros, em greve desde o dia 1º de fevereiro. A categoria pede a suspensão das demissões em uma subsidiária da Petrobrás”, afirmou o secretário geral do Sindicato dos Comerciários de Teresina, Gilberto Paixão.

 
Balcão

Todas as edições:
292 291 290
Links
TVT
Sindeconpi
Portaria
CUT PIAUÍ
CUT BRASIL
Convencoes
Contribuicao Social e Federativa
Contribuição Sindical
CONTRACS
Centro de Apoio a mulher comerciaria