Home
(86) 3131-1300
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com
NOTÍCIAS CONVENÇÕES SINDCOM TV
 
Publicada Quarta-Feira, 24/11/2021
Agências da Caixa voltam a funcionar no horário normal

A partir desta terça-feira (23), a maioria das agências da Caixa Econômica Federal no Brasil voltam a atender no horário no horário normal, entre 10h e 16h.

Durante os meses em que a situação da pandemia da Covid-19 esteve mais grave no país, os postos de atendimento chegaram a operar das 8h às 13h, com parte do horário destinado exclusivamente aos idosos.

A Caixa informa que a determinação para a volta do funcionamento das agências no horário pré-pandemia é nacional. Porém, o banco afirma que irá respeitar legislações locais que obriguem a rede bancária a funcionar em horários diferentes.

Na Grande São Paulo, as agências da maioria das 39 cidades ficará aberta entre 10h e 16h. Outros 15 municípios da região metropolitana continuarão com horários diferenciados. Dessas cidades, 11 irão funcionar das 11h às 16h e quatro receberão os clientes das 10h às 15h. Em ambos os casos, portanto, o atendimento permanece reduzido em uma hora.

A Caixa garante que as agências continuarão a adotar os protocolos de prevenção contra o coronavírus, como a disponibilização de álcool gel para funcionários e clientes em todas as unidades.

O banco acrescenta que os clientes também podem buscar atendimento por meio dos canais remotos da caixa, como o WhatsApp (0800-1040104), internet banking, aplicativos e telefones (4004-0104, para capitais e regiões metropolitanas e 0800-1040104, para demais regiões.

Atendimento na Grande São Paulo Como a capital paulista, cidades do ABC e os municípios de Guarulhos e Osasco, as agências da Caixa voltam a funcionar das 10h às 16h. Em outros municípios da região metropolitana, os bancos continuam com horários alterados por conta de determinações das prefeituras.

 Fonte:Folhapress
 
Balcão

Todas as edições:
300 299 298
Links
TVT
Sindeconpi
Portaria
CUT PIAUÍ
CUT BRASIL
Convencoes
Contribuicao Social e Federativa
Contribuição Sindical
CONTRACS
Centro de Apoio a mulher comerciaria