86 3131-1300
Teresina, 25 de Junho de 2017
 
Publicada Segunda-feira, 09/01/2017
Prazo para entrega da Rais 2016 começa no dia 17 de janeiro

Empregador,Declaração é obrigatória para toda pessoa jurídica com CNPJ ativo na Receita; quem não entregar pode ser multado em até R$ 42.641,00

RAIS é a fonte de informação mais completa sobre empregadores e trabalhadores formais no Brasil.

O prazo para que empregadores entreguem a Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2016 começa no próximo dia 17 de janeiro e vai até 17 de março.

A declaração é obrigatória para todas as pessoas jurídicas com CNPJ ativo na Receita Federal no ano passado, com ou sem empregados, dos setores público ou privado e todos os estabelecimentos com Cadastro de Empresa Individual (CEI), que possuem funcionários.

Para os Microempreendedores Individuais (MEI) sem empregados, a declaração é facultativa.

A declaração da Rais é feita pelo programa GDRais 2016. O envio deverá ser feito somente via internet. Em caso de estabelecimento sem vínculos empregatícios no ano-base, deverá ser utilizado o formulário próprio de Declaração de Rais Negativa Web. Ambas as formas de declaração estarão disponíveis no site www.rais.gov.br.

Quem não entregar o documento no prazo estabelecido ou fornecer informações incorretas pagará multa. Os valores, que variam conforme o tempo de atraso e o número de funcionários, vão de R$ 425,64 e podem chegar a R$ 42.641,00.

Base de dados

A Rais é a fonte de informação mais completa sobre empregadores e trabalhadores formais no Brasil. Nela constam dados como o número de empresas, em que municípios estão situadas, o ramo de atividade e a quantidade de empregados.

Essa mesma base de dados também informa quem são os trabalhadores brasileiros, em que ocupações estão, quanto ganham e qual o tipo de vínculo que possuem com as empresas – se são contratados por tempo indeterminado, temporários, servidores públicos ou estão ocupando cargos comissionados.

“A Rais é importante para assegurar direitos dos trabalhadores, como abono salarial, por exemplo, cujos beneficiários são identificados com base nessa declaração. E ela também subsidia o planejamento das ações governamentais”, destaca o coordenador-geral de Estatísticas do Ministério do Trabalho, Mário Magalhães.

Além disso, essa relação serve para identificar os trabalhadores estrangeiros no mercado de trabalho formal e para controle dos registros do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e dos Sistemas de Arrecadação e de Concessão de Benefícios Previdenciários.

Fonte: Portal Brasil

 
Centro de Apoio a mulher comerciaria
CONTRACS
Contribuição Sindical
Contribuicao Social e Federativa
Convencoes
CUT BRASIL
CUT PIAUÍ
MST
Portaria
Sindeconpi
 
lista
23.06.2017 Direção da CUT reforça greve do dia 30 contra reformas de Temer
23.06.2017 Meirelles admite que governo quer reter FGTS para economizar seguro-desemprego
23.06.2017 “O trabalho informal acaba não sendo uma questão de escolha”, diz advogado
20.06.2017 Caixa suspende financiamento imobiliário com recursos do FGTS
20.06.2017 CUT, demais centrais e movimentos sociais derrotam Temer
19.06.2017 Trabalhadores têm até 30 de junho para sacar o abono salarial de 2015
19.06.2017 Aberta as inscrições para o XXV campeonato de futebol da categoria comerciária.
14.06.2017 TRT suspende greve no comércio de Teresina até o dia 20 de junho
14.06.2017 Comissão de Trabalho aprova seguro de vida para motoboys
12.06.2017 Brasil registra aumento de trabalho infantil entre crianças de 5 a 9 anos
09.06.2017 Greve no comércio de Teresina inicia dia 16 de junho
08.06.2017 CUT/Vox Populi: 80% dos brasileiros são contra as reformas e 90% acham que não vão conseguir sustentar suas famílias
07.06.2017 Dez agências da Caixa irão abrir no sábado para saque do FGTS
07.06.2017 Trabalhadores aprovam greve no comércio este mês, caso as negociações não avancem
07.06.2017 Cesta básica: Teresina acumula a 3ª maior alta do ano entre as capitais
07.06.2017 Por 14 a 11, comissão aprova relatório de reforma trabalhista
06.06.2017 Contra 'golpe mortal', Paim apresenta alternativa a projeto de reforma trabalhista
06.06.2017 Caixa antecipa para este sábado a 4ª fase de saque de contas inativas do FGTS
02.06.2017 Novo golpe envolvendo contas do FGTS atinge usuários
31.05.2017 Comerciários de Teresina fazem assembleia para analisar proposta patronal
31.05.2017 Sem avanços, sindicato convoca categoria para assembleia geral. Veja no vídeo
29.05.2017 Com crise política, governo já estuda alternativa à reforma da Previdência
SINDCOM - Sindicato dos Empregados no Comercio e Serviço de Teresina
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com - 86 3131-1300