(86) 3131-1300
Teresina, 27 de Julho de 2017
 
Publicada Sexta-feira, 07/04/2017
Governo propõe salário mínimo de R$ 979 para 2018

Proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2018, com novo valor para o mínimo, será encaminhada ao Congresso Nacional na próxima semana.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou nesta sexta-feira (7) que o governo deve propor um salário mínimo R$ 979 para 2018. Hoje, o mínimo está em R$ 937.

O novo valor do mínimo será incluído na proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2018, base para o orçamento do ano que vem. De acordo com a lei, o PLDO tem que ser enviado ao Congresso Nacional até 15 de abril.

Para chegar ao percentual de correção do salário mínimo, que serve de referência para mais de 45 milhões de pessoas no Brasil, soma-se a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano ano anterior, calculado pelo IBGE, e o resultado do PIB de dois anos antes.

Com base nesse cálculo, o salário mínimo seria corrigido dos atuais R$ 937 para R$ 979, considerando a variação estimada para o INPC, deste ano, de 4,48%. Essa é a mediana do resultado esperado por mais de 100 instituições financeiras, consultadas pelo Banco Banco Central na semana passada.

Recessão e alta real do mínimo


Como o Produto Interno Bruto (PIB) teve uma forte retração de 3,6% em 2016 - ano que serve de parâmetro para o salário mínimo em 2018 - a correção do mínimo no ano que vem levará em conta, pela fórmula adotada, somente o valor da inflação de 2017. Com isso, não haverá alta real (acima da inflação) do salário mínimo no ano que vem.

No ano passado, o governo chegou a estimar que o salário mínimo superaria a barreira de R$ 1 mil em 2018. A projeção, naquele momento, era de que o valor seria de R$ 1.002 no próximo ano e de R$ 1.067.

Entretanto, com o cenário de recessão na economia brasileira, a inflação deverá ser menor do que o projetado no ano passado - proporcionando um reajuste menor para o salário mínimo.

Nesta sexta, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, informou que as mais recentes projeções do governo apontam que o salário mínimo vai chegar a R$ 1.029 em 2019 e a R$ 1.103 em 2020.

Fonte: G1

 
Centro de Apoio a mulher comerciaria
CONTRACS
Contribuição Sindical
Contribuicao Social e Federativa
Convencoes
CUT BRASIL
CUT PIAUÍ
MST
Portaria
Sindeconpi
 
lista
27.07.2017 Caixa Econômica começa a pagar hoje abono do PIS/Pasep
26.07.2017 3ª Plenária Nacional aponta caminhos para a organização sindical
25.07.2017 Creche para filhos de comerciárias tem matrículas abertas
24.07.2017 Fies: Inscrições para financiamento estudantil começam amanhã
21.07.2017 Com reforma, trabalhador pode ter que pagar custos de processos atuais
20.07.2017 Descobriu que a empresa não depositou o FGTS? Veja como monitorar o saldo e tentar reaver o dinheiro
20.07.2017 'Contrato intermitente cria o boia-fria do meio urbano'
19.07.2017 Sindicato promove aulas de Zumba para categoria
18.07.2017 Reforma aumentará número de processos na Justiça do Trabalho
18.07.2017 Número de reclamações contra a Caixa sobre o FGTS mais que triplica em 1 ano
14.07.2017 Agora é lei: Enquanto Moro distrai o país com condenação de Lula, Temer destrói a CLT
13.07.2017 NOTA DE REPÚDIO À CONDENAÇÃO DO EX-PRESIDENTE LULA
12.07.2017 VEJA OS 13 PONTOS DA REFORMA QUE MEXERÃO NA SUA VIDA PRA SEMPRE E PRA PIOR.
11.07.2017 Senado vota reforma trabalhista hoje (11)
10.07.2017 TRABALHADORES PRESSIONAM SENADORES A VOTAR CONTRA A REFORMA TRABALHISTA
06.07.2017 Novo Fies terá desconto automático no salário do estudante após formatura
06.07.2017 Mudança no pagamento dos boletos bancários começa nesta 2ª feira
05.07.2017 Salário médio mensal do brasileiro teve queda de 3,2% em 2015, aponta IBGE
05.07.2017 'Pressa em aprovar reforma pode tirar direitos dos trabalhadores', diz presidente da CNBB
04.07.2017 Governo Temer estuda fim do abono salarial
04.07.2017 Papa Francisco elogia sindicatos e clama por pacto social
03.07.2017 Caixa antecipa pagamento de contas inativas do FGTS
SINDCOM - Sindicato dos Empregados no Comercio e Serviço de Teresina
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com - (86) 3131-1300